26 de abril de 2018 - 14:13

? ºC Cuiabá - MT

Publicidade

Banner sicredi

CUIABA

20/03/2018 14:47

Candidatos do PSB chamam deputado em MT de "arrogante" e vetam filiação

O diretório estadual do PSB divulgou uma nota, na manhã desta terça-feira, afirmando que não reconhece a filiação do deputado estadual Allan Kardec, que se desfiliou recentemente do PT e anunciou que ingressará nos quadros socialistas. De acordo com o texto, o parlamentar teria adotado uma postura de "arrogância e desrespeito".

Segundo a nota, o partido consultou os 18 pré-candidatos a deputados estaduais pela sigla para as eleições deste ano e rejeitaram a sua filiação “de modo contundente” ressaltando que o próprio parlamentar já teria sido notificado da decisão. “O PSB-MT consultou os filiados ao partido que são pré-candidatos a deputados estaduais no pleito de 2018, os quais refutaram de modo contundente a filiação do deputado Alan Kardec e o mesmo foi comunicado na quarta-feira (14), porém com arrogância e muito desdém disse que tudo está acertado com a direção nacional”, afirma a nota.

O texto segue destacando que Kardec teve uma postura de “arrogância e desrespeito” ao diretório de Mato Grosso, iniciando suas tratativas com a direção nacional. A nota diz ainda que o diretório estadual teria sido eleito democraticamente, afirmando que lideranças da sigla travaram “uma luta dura, duríssima, para reposicionar o partido e devolver o PSB/MT as suas bases e as suas origens”.

Em junho de 2017, o deputado federal Valtenir Pereira, que estava no PMDB, voltou ao partido já como presidente estadual da sigla, no cargo que pertencia a Fábio Garcia, hoje no DEM, justamente por conta de uma decisão do diretório nacional do PSB. Ele foi eleito para o posto, em definitivo, em setembro. “Queremos dizer que o deputado Alan Kardec começa mal e se assim insistir estará entrando para o PSB pelas portas dos fundos, em completa desarmonia e discordância com a direção estadual constituída democraticamente em 17 de setembro de 2017, podendo experimentar sérios prejuízos na convenção”, diz o partido.

Na nota, assinada pelo secretário-geral do PSB em Mato Grosso, Milton Simplício, o diretório estadual do PSB afirma que Kardec protagonizou diversas brigas internas dentro do PT e que teria “acabado com o partido” no estado. O diretório afirmou que não reconhece a filiação de Allan Kardec Pinto Acosta Benitez em seus quadros, “mesmo que ela venha de cima pra baixo, de forma assoldada e imposta goela abaixo”. “É bom lembrar que o deputado Alan Kardec faz parte de uma ala petista radical que protagonizou diversas brigas internas dentro do PT, acabando com o Partido no estado. O PSB de Mato Grosso não pode correr o risco e se prestar a abrigar um grupo com prognóstico tão negativo, com um passado que não se recomenda a ninguém, e que nada contribuiu para o desenvolvimento de Mato Grosso. Pelo contrário, todo o tempo era ocupado para potencializar intermináveis brigas internas na agremiação petista” diz o texto.

As críticas a Allan Kardec continuam, ao afirmar que o deputado estadual foi rejeitado por outras legendas e ressaltando que o partido não será como o PT. O PSB afirmou que respeitará a posição do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, mas que também respeitará a opinião da base, que não aceita Kardec na sigla, e encerra dizendo que não visa o número de parlamentares, mas sim a qualidade e harmonia entre seus filiados.

“Nós não queremos isso para o PSB de Mato Grosso de jeito nenhum, da mesma forma que outros partidos não quiseram, pois Allan Kardec foi rejeitado após procurar outras siglas partidárias que não aceitaram sua filiação. O PSB não será um segundo PT cheio de confusão, intrigas, futricas e conspirações. Temos que cortar o mal pela raiz. Queremos paz para trabalhar em harmonia pelo povo e pelo desenvolvimento do nosso querido Mato Grosso, cumprindo a nossa honrosa missão partidária”, afirma o partido.

NOTA INFORMATIVA

Após conhecimento de notícias divulgadas na mídia, que o deputado estadual Allan Kardec se filiará ao PSB, a Direção Estadual de Mato Grosso vem a público informar que já avisou ao deputado Alan que a nominata de 18 pré candidatos rejeitou a sua filiação. Reforço, essa decisão já foi comunicada ao próprio Allan Kardec.

Repito, o PSB-MT consultou os filiados ao partido que são pré-candidatos a deputados estaduais no pleito de 2018, os quais refutaram de modo contundente a filiação do deputado Alan Kardec, e o mesmo foi comunicado na quarta-feira (14), porém com arrogância e muito desdém disse que tudo está acertado com a direção nacional.

Agora se ele teve uma postura de arrogância e desrespeito ao diretório de Mato Grosso, iniciando suas tratativas com a direção nacional, passando por cima de um Diretório Estadual eleito democraticamente, composto de lideranças regionais e de membros dos movimentos sociais, que recentemente travou uma luta dura, duríssima, para reposicionar o partido e devolver o PSB/MT as suas bases e as suas origens, queremos dizer que o deputado Alan Kardec começa mal e se assim insistir estará entrando para o PSB pelas portas dos fundos, em completa desarmonia e discordância com a direção Estadual constituída democraticamente em 17 de setembro de 2017, podendo experimentar sérios prejuízos na convenção.

Por fim, o Diretório Estadual do Partido Socialista Brasileiro de Mato Grosso informa desde já que não reconhece a filiação de Allan Kardec Pinto Acosta Benitiz em seus quadros, mesmo que ela venha de cima pra baixo, de forma assoldada e imposta goela abaixo.

É bom lembrar que o deputado Alan Kardec faz parte de uma ala petista radical que protagonizou diversas brigas internas dentro do PT, acabando com o Partido no estado e o PSB de Mato Grosso não pode correr o risco e se prestar a abrigar um grupo com prognóstico tão negativo, com um passado que não se recomenda à ninguém, e que nada contribuiu para o desenvolvimento de Mato Grosso, pelo contrário, todo o tempo era ocupado para potencializar intermináveis brigas internas na agremiação petista.

Nós não queremos isso para o PSB de Mato Grosso de jeito nenhum, da mesma forma que outros partidos não quiseram, pois Allan Kardec foi rejeitado após procurar outras siglas partidárias que não aceitaram sua filiação. O PSB não será um segundo PT cheio de confusão, intrigas, futricas e conspirações. Temos que cortar o mal pela raiz. Queremos paz para trabalhar em harmonia pelo povo e pelo desenvolvimento do nosso querido Mato Grosso, cumprindo a nossa honrosa missão partidária.

O PSB-MT respeita a posição do Presidente da Nacional, Carlos Siqueira, da mesma maneira que também respeita a opinião da base socialista mato-grossense que não aceita Alan Kardec filiado ao PSB. O partido não visa quantidade de parlamentar e sim qualidade e harmonia entre seus filiados.

Uma das diretrizes da atual gestão é ouvir a base partidária e neste caso o PSB-MT, embasado no estatuto que rege as normas de filiação, adotará as medidas estatutárias necessárias com o rigor e a serenidade que o caso requer para garantir as vozes de suas bases.

MILTON SIMPLÍCIO

Secretário-Geral do PSB-MT


Banner sicrediBanner sicrediBanner sicredi

Historia do Jornal O Estado!!

O jornal O Estado e um jornal impresso que circula em mato grosso desde 2001 com objetivo de levar informações e noticias para nossos leitores de mato grosso

O Estado

Avenida Rubens de Mendonça 2478,
Av. CPA, Edifício Cuiabá Center.

Redes Sociais

Todos os Direitos Reservados para O Estado

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo